Comida típica de Minas gerais: +10 Opções!



O Estado de Minas Gerais é marcado pelas suas belezas naturais e arquitetônicas, mas possui também uma culinária marcante que em muito tem a ver com o período colonial. Algumas receitas marcantes para os mineiros e se aventurar a fazer as mesmas:

Pão de Queijo

Encontrado quase a cada esquina, o pão de queijo é um marco para os mineiros, feito com o queijo que muitos deles mesmo fazem. Além disso, sua base é constituída por polvilho e a junção diversos tipos de queijos pode ser ainda mais interessante para o seu sabor.

Feijão tropeiro

Normalmente já comemos farinha, feijão e carne, mas misturar tudo isso nos oferece um sabor único e delicioso, o do Feijão tropeiro! Em algumas versões, é possível inserir ovos cozidos mas o que realmente faz a diferença é a presença de diversos temperos, como o coentro.

O interessante é que corresponde a uma refeição completa, podendo apenas ser aliado a saladas ou a outras carnes em um churrasco, por exemplo.

Frango com quiabo

O Frango caipira, aquele criado no quintal em regiões do interior, são perfeitos para essa receita. Para ela, o frango precisa ser ensopado e misturado com os quiabos, preferencialmente com poucos cortes para tornar o sabor ainda mais original e acentuado. O resultado é delicioso e bastante singular, aquele gostinho perfeito de comida caseira bem feita e bem temperada.

Doce de leite

Uma das melhores sobremesas é o Doce de leite, muito comum no estado de Minas Gerais. Ele é muito bem combinado com diversos outros sabores, inclusive o do queijo também mineiro, gerando um sabor bastante diferente e interessante.

Os cremosos ainda podem ser utilizados de forma mais versátil, recheando bolos e outros doces feitos com massa, por exemplo.

Bambá de couve

Apesar do nome, a base dessa receita não é o couve, mas sim o fubá. Mas é claro que para a construção perfeita do seu sabor, há a presença de couve em tiras, podendo ter também linguiça ou partes menos consumidas, como a orelha de porco, por exemplo.

Esse prato surgiu em Ouro Preto, cidade turística bastante conhecida pela sua arquitetura e também pela culinária, marcado por diversos restaurantes incríveis. Com essa receita, pode ter um gostinho deles aí na sua casa.

Vaca atolada

A mandioca se faz presente nessa receita, juntamente com a costela bovina, mantendo aquela parte saborosa da sua gordura e tornando o seu sabor ainda mais forte pela presença de alimentos como o cheiro verde. É comum que haja um caldo resultante dessa mistura, tornando o sabor ainda mais especial.

Pode ser consumida com arroz e usar o caldo como um molho, deixando que o sabor da fervura da receita se pronuncie no prato.

Goiabada cascão

Chamada de Goiaba cascão pela presença de cascas na sua parte interna, esse doce é perfeito para ser consumido como sobremesa, tanto sozinho quanto aliado a outros sabores, como o do queijo. Inclusive, pode ser também a base para outras receitas, como o sonho.

Canjiquinha

A carne de porco é o ingrediente principal da canjiquinha, juntamente com o milho triturado. Para tornar o prato ainda mais marcante, use e abuse dos temperos e também da pimenta, além de elementos como o couve e linguiças.

Tutu

O Tutu é feito com base em ingrediente já bem conhecido por todo o país, o Feijão. A diferença é que, depois do seu cozimento, ele deve ser batido juntamente com a farinha de mandioca ou de milho, gerando uma pasta deliciosa e bem comum dentre os mineiros.

A receita pode ter ainda a adição de proteínas como o bacon, ou até mesmo ovos cozidos para complementar o seu sabor.

Arroz com Pequi

O pequi é uma fruta encontrada no cerrado que combina muito bem com o preparo do arroz, trazendo a receita um novo aroma mas, acima de tudo um sabor diferente daquilo que já estamos acostumados a experimentar no dia a dia.

Cuidado apenas com a quantidade que deseja inserir, já que o pequi possui um sabor forte e marcante.